Dicas

E alguns dos técnicos?

Sempre nos lembramos dos jogadores, dos lances e os momentos que o futebol nos faz dar muita emoção, mas e os técnicos? O professor, responsável por organizar o time, responde pelos 11 quando faz o time não ganha, e é sempre o alvo mais atingido quando os clubes jogam mal, até por ser mais fácil mandar um embora do que os onze .

Qual seu estilo favorito? Aquele paizão que sempre defende o grupo, em um estilo Felipão ou Joel Santana, ou um mais na pegada Guardiola, um verdadeiro estrategista com poucos amigos, quem sabe o estilo Muricy Ramalho? Postura de trabalho e profissionalismo, com muita raça, e por que não o estilo Renato Gaúcho? Dispensa estudos, confia no conhecimento e fala a língua do jogador, boleiro e boêmio. A verdade é que muitos desses técnicos que hoje são consagrados, já comeram muito capim um dia.

Luiz Felipe Scolari

O gaúcho campeão do mundo pela amarelinha, tem libertadores, brasileiro, copa do Brasil e muitos mais. Antes de tudo, Felipão jogou na maioria dos clubes do Rio Grande do Sul, Caxias, Juventude, Novo Hamburgo e etc. Foi campeão alagoano pelo CSA. Depois de jogador, Felipão foi professor de Educação Física. Mas foi no CSA que começou a treinar, foi campeão da Copa do Brasil pelo Criciúma em 1991, depois disso, ganhou muito mais respaldo e notoriedade. Conhecido por ser clássico, nunca foi fã de uma variação tática diferentes dos clássicos 4-4-2, sem essa de 4-1-4-1, o negócio pra esse copeiro é bola na área, com um camisa 9 matador

Tite

Ademor Bacchi é gaúcho igual Scolari, e foi por ele que Tite foi descoberto, e não foi no profissional, era quando Felipão ainda dava aulas de educação física e descobriu Ade (antigo apelido de Tite), onde viu talento no camisa 10 e o levou para fazer teste no Caxias. Como jogador, Tite profissionalizou pelo Caxias, rodou pela Portuguesa-SP e Guarani, onde conquistou a copa União de 87, vice do Brasileiro em 1986 e paulista de 1988, mas Tite se aposentou com 28 anos, devido as lesões no joelho. Formado em educação física na PUC-Campinas, começou a treinar em 1991. Tite no Corinthians, time que deu seu passaporte a seleção, tinha uma defesa muito forte, ganhava muito bem no jogo aéreo e acostumou sempre a estar com dois volantes.

Muricy Ramalho

Aqui é trabalho! Frase que marcou o técnico quatro vezes campeão brasileiro, além de libertadores e muito mais. Muricy é lembrado por ter sido também um jogador com muita qualidade, treinado por um dos maiores técnicos do Brasil, Oswaldo Brandão, o cabeludo Muricy foi chamado até de sucessor de Pelé, fez seu nome jogando no São Paulo. Como técnico, começou no juniores do São Paulo, ganhando cargo aos poucos, foi auxiliar do mestre Telê Santana, passou depois pela portuguesa santista e Náutico logo em seguida, sendo a partir desse momento seus maiores feitos. Muricy é conhecido por jogar com linhas e defesa bem baixas, mas muito compactas, além disso é fã de um jogo de rápida transição.

Guardiola

Pep é uma cria do clube da Catalunha, foi campeão espanhol, champions league e muito mais. Rodou por clubes da Itália, Qatar e México, além de ser figurinha carimbada na seleção espanhola dos anos 90. Guardiola é hoje conhecido como um dos melhores técnicos do mundo, muito estrategista, causa admiração quando no Barcelona desenvolveu o tik-tak, estilo de jogo com grande quantidade de passe, falta de pressa domínio de posse de bola e pressão na saída.os té